Poderosos tentaram soltar dentista Lucas Lages Castelo Branco - Jornal da Ilha Grande Piauí

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Poderosos tentaram soltar dentista Lucas Lages Castelo Branco

Dois policiais que se encontravam de plantão, na tarde do último domingo (13), quando o dentista Lucas Lages Castelo Branco foi conduzido à Central de Flagrantes para ser autuado por ter colocado uma pistola na cabeça de um menino de 11 anos e da irmã de 9 anos e a obrigado a passar fezes no próprio rosto, denunciaram que "choveram" telefonemas para o delegado Luciano Alcântara, sugerindo-lhe que arbitrasse uma fiança que permitiria a liberdade do acusado.



Lucas Lages, dentista acusado de ameaçar crianças com uma arma no Acarape



Decidido, o delegado, segundo os mesmos policiais, não cedeu à pressão e nem arbitrou fiança, mantendo o acusado preso. Empresários e políticos cujos nomes não foram revelados, tentaram interferir no encaminhamento dado ao caso pelo delegado, fato que revoltou quem se encontrava na Central de Flagrantes, segundo ainda as mesmas fontes.

Fonte:Gp1