DETRAN: 65,82% das motocicletas do Piauí estão irregulares - Jornal da Ilha Grande Piauí

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

DETRAN: 65,82% das motocicletas do Piauí estão irregulares

Resultado de imagem para MOTOS DETRAN PI
Segundo os últimos dados do Detran, sobre a frota de motocicletas do estado, no Piauí 354.858 motocicletas possuem alguma irregularidade, desde documentos atrasados até condução inapropriada. A quantidade equivale a 65,82% do total de motocicletas registradas pelo órgão, que são, ao todo, 539.208 veículos. Em contrapartida, apenas 184.350 motocicletas estão completamente regulares.
Calculando a relação com a população do estado, que atualmente chega aos 3,2 milhões de habitantes, obtemos a relação de uma moto para cada cinco habitantes no estado. Em 2016, quando a frota era de 513.792 motocicletas, esta relação era de uma  para cada seis habitantes.
Esse aumento do número deste tipo de veículo é creditado, principalmente, à facilidade com a qual ele pode ser obtido atualmente. O Diretor de infrações do Detran, Levi Gomes, fala que o órgão reconhece a facilidade de se obter motocicletas, e que o baixo consumo torna o veículo um atrativo para várias pessoas.
“Esse potencial atrativo faz com que a frota aumente cada vez mais. O problema é que assim como aumenta a quantidade total de motocicletas no estado, vemos que o número de motos irregulares cresce assim como o número de veículos regulares, no entanto, as motos regulares estão em menor quantidade que as irregulares, nos últimos dois anos”, fala Levi Gomes.
As irregularidades fazem com que os condutores não tenham uma segurança ao conduzir estes veículos, isso influencia no número de acidentes.
Levi Gomes destaca ainda que, assim como a frota cresce, o número de acidentes com o envolvimento de motocicletas também aumenta. “Hoje, no HUT, temos 90% dos casos referentes a acidentes, como casos onde motociclistas participaram dos acidentes. Isso é preocupante “, diz o diretor.
Os números são mesmo preocupantes. Em 2017, dos 10.717 atendimentos por acidente de trânsito no HUT, 8.917 casos eram referentes a acidentes envolvendo motociclistas. “É preciso tomar bastante cuidado, essa grande taxa de irregularidades afeta o índice de acidentes, e é o que está acontecendo. Mais prudência e cuidados no trânsito podem ajudar, a conscientização é ideal”, fala o diretor de infrações.