TERESINA:Mulher esfaqueada por ex-companheiro está em estado grave - Jornal da Ilha Grande Piauí

sexta-feira, 9 de março de 2018

TERESINA:Mulher esfaqueada por ex-companheiro está em estado grave

A Central de Flagrantes Metropolitana de Gênero confirma o esfaqueamento de uma mulher na Avenida Frei Serafim, próximo ao Banco do Brasil, no Centro da capital. A vítima é Maria do Nazaré Sousa Pereira e o agressor é Raimundo de Sousa Filho e ambos mantêm um relacionamento estável. O fato aconteceu na manhã desta sexta-feira e os dois foram encaminhados ao Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

Vítima lesionou os tendões e teve lesões ósseas, além de outras partes do corpo atingidas (Foto: Reprodução)
Informações preliminares dão conta de que o agressor já cumpriu pena por matar a primeira esposa e que o mesmo está solto há quatro meses. A atual companheira estava insatisfeita com o relacionamento e pretendia se separar, mas Raimundo se recusava, até que tais desavenças culminaram em golpes de faca contra Maria. Testemunhas presentes tentaram defendê-la e o atingiram com uma pedra na cabeça.
A reportagem investigou processos contra o acusado, mas não conseguiu mais informações. A delegada Vilma esteve no local e acompanhou os envolvidos ao HUT. Depoimentos de testemunhas oculares e imagens de câmeras de segurança serão usadas para que Raimundo seja autuado em flagrante pela Central de Gênero.
“Tem uma equipe da Central de Gênero e da Delegacia de Feminicídio no HUT, acompanhando de perto. Sabemos que eles mantinham uma união estável ou um casamento. Não sei se era algo formalizado. Sabemos, ainda, que ele é ex-presidiário e respondia por feminicídio, mas a informação ainda não foi checada junto ao Tribunal de Justiça”, conta ao OitoMeia a delegada Adília Klein, coordenadora Central de Flagrantes Metropolitana de Gênero.

Companheira estava insatisfeita com o relacionamento e pretendia se separar (Foto: Reprodução Google Maps)
ESTADO DE SAÚDE
O quadro de saúde de Maria é grave, mas estável, de forma que ela deve continuar internada nos próximos dias para fazer uma cirurgia nas mãos. Como consequência, ela lesionou os tendões e teve lesões ósseas, além de outras partes do corpo atingidas (cabeça, braço e tórax). Já Raimundo tem um quadro clínico melhor, após ter sido atingido por uma pedra na cabeça e algumas agressões por populares em defesa da mulher. Ambos estão conscientes.