Cerca de 100 venezuelanos devem chegar em Teresina até o fim de semana - Jornal da Ilha Grande Piauí

terça-feira, 28 de maio de 2019

Cerca de 100 venezuelanos devem chegar em Teresina até o fim de semana

A crise na Venezuela tem agravado cada vez mais, deixando muitos moradores sem local para ficar, fazendo com que muitos mudem de país para tentar sobreviver. Em Teresina, um grupo formado por cerca de 50 pessoas já está tentando uma nova vida e a cada dia que passa o número aumenta.

Segundo reportagem da TV Meio Norte, por conta do alto número de pessoas que está saindo da Venezuela, a estimativa é que cerca de 100 venezuelanos cheguem em Teresina até o final de semana. 
O grupo está se abrigando em um centro social que estava abandonado no bairro Poti Velho, na Zona Norte de Teresina. Os homens que possuem mais capacidade passam o dia atrás de bicos e empregos para se sustentarem na capital. Já as mulheres trabalham com o artesanato.



O local em que eles estão abrigado possui áreas destelhadas, salas sem acesso, além de o grupo ter que se juntar no pátio durante as chuvas. 

O Movimento Pela Paz na Periferia (MP3) tem auxiliado o grupo de venezuelanos e organiza a logística de doações. O grupo também tem recebido assistência do poder público.

As doações podem ser feitas na sede do MP3, na Avenida Valter Alencar, 762, bairro São Pedro, que fica ao lado igreja católica do bairro São Pedro.

Para mais informações: (86) 98811-3113 (WhatsApp). 



Fonte: 180graus