brasil:Adolescente de 14 anos assume direção de carro a pedido de cunhado, capota e mãe morre no acidente - Jornal da Ilha Grande Piauí

quarta-feira, 24 de julho de 2019

brasil:Adolescente de 14 anos assume direção de carro a pedido de cunhado, capota e mãe morre no acidente


Cunhado dirigia veículo e entregou a direção ao adolescente porque estava com sono. Adolescente disse que o carro é do do pai e que por várias vezes já havia dirigido com a permissão dele.

Uma mulher morreu e outras quatro pessoas ficaram feridas em um acidente na tarde dessa segunda-feira (22) na MT-010, zona rural de São José do Rio Claro, a 325 km de Cuiabá.

De acordo com a Polícia Civil, a vítima foi identificada como Eliege dos Santos Araujo, de 38 anos.



Ficaram feridos no acidente o marido da vítima, de 44 anos, o genro dela, de 21 anos e os dois filhos, de 14 e 17 anos. Todos estavam sem cinto de segurança.

Segundo a Polícia Civil, o adolescente, de 14 anos, assumiu a direção do carro a pedido do cunhado, de 21 anos. O veículo capotou e Eliege foi arremessada pela janela do automóvel.


O adolescente relatou que a família estava vindo da cidade de Alto Paraguai, a 219 km de Cuiabá, e que o cunhado estava dirigindo.

Ao chegar no trevo conhecido como Zuli, o cunhado entregou o veículo ao adolescente dizendo que estava com muito sono e que o pai do adolescente não poderia dirigir pois havia ingerido bebida alcoólica.


O cunhado afirmou que, como o adolescente sabia dirigir, não haveria nenhum problema. O adolescente assumiu então a direção do veículo e, em determinado momento, quando foi desviar de um buraco na pista, foi para mão contrária.

Quando retornou para a mão, o veículo ficou sem controle, rodou na pista, bateu no meio-fio e capotou várias vezes, parando com o teto para baixo.


Todos os integrantes do veículo estavam sem cinto de segurança e Eliege foi arremessada a aproximadamente 25 metros do veículo.

O adolescente quebrou a janela para sair do automóvel. Com ajuda de um motorista de um trator que estava trabalhando na colheita de algodão, levantou o veículo para tirar a perna do pai dele que estava presa.

O menor relatou que o veículo é de propriedade do pai e que por várias vezes já havia dirigido com a permissão dele. O adolescente foi conduzido a Delegacia de São José do Rio Claro para prestar esclarecimentos.

Todas as vítimas foram encaminhadas ao Pronto Socorro Municipal, sendo que Eliege morreu durante o atendimento.

Fonte: G1