Hospital que atendeu Bolsonaro após facada ainda não recebeu R$ 2 milhões prometidos - Jornal da Ilha Grande Piauí

quinta-feira, 29 de agosto de 2019

Hospital que atendeu Bolsonaro após facada ainda não recebeu R$ 2 milhões prometidos



A direção da Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora (MG), que atendeu Jair Bolsonaro (PSL) quando o então candidato foi esfaqueado durante ato de campanha, disse ao Uol que ainda não recebeu os R$ 2 milhões prometidos por meio de emenda parlamentar.A destinação dos recursos foi anunciada como forma de agradecimento ao atendimento prestado.

Trata-se de emenda impositiva, justificada diante do déficit da Santa Casa, que em 2017 foi de R$ 27,1 milhões.

"Acreditamos que até o fim de 2019 elas [o dinheiro das emendas] cheguem. Baseados em nossas experiências anteriores, os prazos estão dentro do esperado", diz a nota do hospital publicada por Uol.

Bolsonaro tentou até mesmo doar sobras de campanha para a unidade, o que não foi autorizado pela Justiça Eleitoral.