Acusado de matar e ocultar cadáver de Sandreia vai a júri no dia 16 de outubro - Jornal da Ilha Grande Piauí

quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Acusado de matar e ocultar cadáver de Sandreia vai a júri no dia 16 de outubro

Francisco Olavo Silva Vasconcelos, acusado de matar a técnica em enfermagem, Sandreia dos Santos Lima, no dia 07 de junho de 2019, em Ilha Grande,  vai a júri popular no dia 16 de outubro, às 11h, no Fórum Desembargador Salmon Lustosa, localizado na Avenida 19 de outubro - nº 3495.

A família, amigos e conhecidos de Sandreia estão organizando um ato que deverá ocorrer antes do julgamento, por volta das 10h, em frente ao fórum.

O acusado está qualificado nos autos conforme as sanções penais dos artigos 121, §2º, II, III, IV, VI,c/c 2º-A, I (Feminicídio) e 211 (Ocultação de cadáver), todos do Código Penal.

Denúncia

Segundo consta a denúncia, o acusado premeditou o fato desde 16 horas do dia 06.06.2019, ao afirmar para a mãe da vítima, que Sandreia havia ido embora e que tinha a intenção de que ninguém soubesse onde estava.

Na madrugada do dia 07.06.2019, por volta das 00h30min, após uma discussão, o acusado asfixiou a vítima com as mãos até o seu óbito. Com efeito, nos moldes da acusatória, o relacionamento sempre foi marcado por abusividades, ocorrendo algumas tentativas de feminicídio em face da vítima. Além do mais, conforme narrado, a discussão entre acusado e vítima foi ouvida por uma testemunha, momento no qual Sandreia afirmou que Francisco Olavo estava doido ou bêbado.

O denunciado cavou um buraco na sua residência, no dia 07.06.2019, a fim de ocultar o cadáver da vítima, fato que foi efetivamente praticado.

Após o registro do boletim de ocorrência pela Sra. Maria Creuza, mãe da vítima, foi praticada busca domiciliar em face do denunciado, no dia 10.06.2019, em que foi encontrado o corpo da senhora Sandreia já em estado de avançada putrefação e envolto em panos, na citada fossa.

Durante todos os procedimentos, o acusado agia de forma fria e com total desprezo à vida humana, haja vista que frequentava serestas, ingeria bebidas alcoólicas e até mesmo atuava como árbitro de futebol.

Por Tacyane Machado – Blog Extra Parnaíba
Com informações Themis Web