Capitão da PM é preso suspeito de tocar nas partes íntimas de mulher em ônibus - Jornal da Ilha Grande Piauí

segunda-feira, 14 de outubro de 2019

Capitão da PM é preso suspeito de tocar nas partes íntimas de mulher em ônibus




Um policial militar identificado como capitão Castro, lotado no 2º Batalhão da Polícia Militar do Piauí em Parnaíba, litoral do estado, foi preso suspeito de importunação sexual. A prisão aconteceu no último sábado (12/10) em Piripiri. Segundo a corporação, ele era passageiro de um ônibus da empresa Guanabara que saiu da capital com destino ao litoral e foi acusado por uma das passageiras que diz ter sido tocada nas partes intimas pelo militar enquanto dormia.De acordo com o tenente coronel Erisvaldo, comandante do 12º Batalhão, que confirmou a informação o PM foi solto horas depois de sua prisão. 
A corporação disse em nota que por se tratar de um crime comum as providencias legais que o caso requer estão sendo tomadas as medidas pela polícia judiciária.

A PM disse ainda que assim que receber todo o procedimento tomará todas as medidas necessárias, dando ao policial suspeito o direito de ampla defesa e contraditório dentro do que rege a legislação.

O OitoMeia tentou falar por telefone com o capitão Castro, para que ele pudesse esclarecer o que de fato aconteceu, mas nossas ligações não foram recebidas.


Por Ellyo Teixeira/OitoMeia