COVARDIA:Bebê recém-nascido fica com olho roxo após soco da própria mãe - Jornal da Ilha Grande Piauí

domingo, 27 de outubro de 2019

COVARDIA:Bebê recém-nascido fica com olho roxo após soco da própria mãe

Ela ficou fora o dia inteiro e então os vizinhos, que haviam percebido que o bebê estava sozinho, decidiram entrar na residência para ver como a criança estava. O caso ocorreu no dia 15 de outubro.
Ao chegarem no local, os vizinhos ficaram chocados. A vizinha Tetiana Prymak relatou para a imprensa local o que viu: “Quando entramos o Mykyta estava em seu berço. Ele estava com um olho roxo e seu nariz estava com muito sangue pisado. As roupas dele estavam muito sujas, nós começamos a trocar suas roupas e notamos que ele estava cheio de machucados no corpo. Uma mulher que estava conosco desmaiou ao ver o estado dele”.
Os vizinhos então chamaram a ambulância. O pequeno Mykyta foi direto para a UTI do hospital. Seu estado de saúde é grave. Ele está internado no Hospital Pediátrico de Rivne e o médico responsável por ele, Dr. Mykhailo Kulik, falou sobre seu estado de saúde. “Este bebê está lutando pela vida. Nós suspeitamos que ele tenha fraturado o crânio, mas no momento não podemos fazer os exames para confirmar isso. Eu nunca vi um bebê tão terrivelmente negligenciado como ele. Eu acho que a mãe dele nunca trocou suas fraldas e nem suas roupas. A pele dele também está terrível”.


A mãe só retornou para sua casa na manhã seguinte e os policiais a levaram para delegacia imediatamente para ser interrogada. “A mãe disse que ficou irritada por causa do choro constante do bebê e que o deixou sozinho e foi para um encontro”, relatou o policial Anton Kruk para a imprensa.
A mãe alega que não bateu em seu filho, mas a polícia não acreditou em sua versão. A polícia irá indiciar a mãe por maus tratos e incapacidade de cumprir com seus deveres em relação ao filho. Caso seja condenada, ela pode ficar até cinco anos na prisão.
Após deixar o hospital, a criança será encaminhada para um orfanato local onde será colocado para a adoção. O pai da criança é um homem de 27 anos que também não tem nenhum interesse em seu filho.
Foi revelado pela imprensa local que a mãe já havia tido um filho aos 16 anos e que também perdeu a guarda dele por maus tratos.