Rato morto é encontrado em pães que seriam servidos para detentos - Jornal da Ilha Grande Piauí

quinta-feira, 28 de novembro de 2019

Rato morto é encontrado em pães que seriam servidos para detentos

Um rato morto foi encontrado em meio aos pães que seriam distribuídos aos detentos do presídio Cyridião Durval, em Maceió, Alagoas, na manhã deste sábado (23).
Em mensagem assinada pelo vice-presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários de Alagoas (Sindapen-AL), Kleyton Anderson, o sindicato afirmou que o rato foi encontrado entre os pães entregues aos servidores do presídio.

Ainda segundo Kleyton, os pães que chegam ao Sistema Prisional são os mesmos consumidos por servidores e detentos. O Sindapen-AL cobra do Governo do Estado um acordo de pagamento do auxílio alimentação para que o próprio servidor compre sua alimentação.
De acordo com Kleyton, a entrega dos pães foi suspensa após o ocorrido e uma remessa de bolachas foi enviada ao local. A assessoria de comunicação da Secretaria de Estado de Ressocialização e Inclusão Social (Seris) do Estado informou que vai se posicionar em nota sobre o caso.
Em nota, a Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) informou que está apurando a situação e que, por medida preventiva, suspendeu a distribuição dos alimentos e os substituiu por biscoitos. A Seris diz ainda que cumpre rigorosamente todos os procedimentos necessários de higienização, manipulação e conservação dos alimentos fornecidos no sistema prisional alagoano, reforçando, dessa forma, seu compromisso com a saúde de servidores e custodiados.

VEJA A NOTA DA SERIS NA ÍNTEGRA.

“A Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) informa já apurar de que forma um roedor fora encontrado, na manhã deste sábado (23), entre os pães que seriam distribuídos a reeducandos do Presídio Masculino Cyridião Durval e Silva, em Maceió.
A suspeita é a de que o animal, que se encontrava morto, tenha acessado o recipiente usado na distribuição do alimento durante o procedimento de contagem dos pães, antes do transporte destes à referida unidade prisional.
Como medida preventiva, o setor de nutrição da secretaria suspendeu a distribuição de todos os pães, substituindo-os por biscoitos, de modo que nenhum reeducando deixou de fazer sua refeição matinal.
Outrossim, a Seris esclarece cumprir rigorosamente todos os procedimentos necessários de higienização, manipulação e conservação dos alimentos fornecidos no sistema prisional alagoano, reforçando, dessa forma, seu compromisso com a saúde de servidores e custodiados”.
COM INFORMAÇÕES DO PORTAL TNH1/R7.