Homens filmam morte de adolescente e mandam para a família; veja o vídeo

A Polícia Civil deve começar a ouvir nesta segunda-feira (9) testemunhas do caso de um adolescente de 15 anos que foi executado em Trindade, Região Metropolitana de Goiânia. Os criminosos filmaram não só a execução com pelo menos 11 tiros como o momento em que colocam fogo ao corpo e enviaram o vídeo para a família (veja). Os autores do homicídio são procurados.
As imagens mostram a vítima rodeada por três pessoas quando uma delas atira. Não é possível ver o rosto de nenhum dos quatro. O adolescente cai no chão e leva mais cinco tiros na cabeça. Outro homem põe fogo na vítima e mais cinco disparos são ouvidos.
O vídeo foi encaminhado para um cunhado – junto com uma ameaça de morte – e uma irmã da vítima. O delegado Douglas Pedrosa, responsável pelo caso, disse que ainda apura a motivação do crime.
“Esse cunhado já havia sido ameaçado antes. Ele tem passagens pela polícia e sumiu após o homicídio. Vamos começar a ouvir as testemunhas hoje [segunda-feira, 9]’, disse ao G1.
Pedrosa afirmou ainda que o adolescente tem duas passagens por atos infracionais, mas ele não sabe dizer de qual natureza, uma vez que ocorrências ligadas a menores correm sob sigilo.
Pai procurou a delegacia
Segundo boletim de ocorrência, na sexta-feira (6), o pai do garoto esteve na delegacia para informar que o filho estava desaparecido e que recebeu a notícia do vídeo mostrando a execução.
A família explicou que, apesar de não ser possível ver o rosto da vítima, reconheceu o adolescente pelas roupas e tênis que ele usava na gravação.
O corpo do rapaz foi encontrado já na madrugada de sábado (7), no Setor Rosa Morena.



TAG